Cidades em Minas Gerais para fazer um passeio de trem

O povo mineiro é apaixonado por trem. Seja pela linguagem popular ou pela famosa Maria Fumaça, não há como negar que esse meio de transporte faz parte da notável cultura mineira. Por isso, nada melhor que um passeio de trem em Minas Gerais para viajar no tempo e conhecer ainda mais sobre essa tradição que existe desde o século XIX.

Se você deseja conhecer Minas Gerais de forma diferente, que abrange a história e os costumes passados, percorrer algumas cidades a bordo da Maria Fumaça pode ser o ideal para transformar sua viagem em algo único.

Para ajudá-lo a programar um roteiro especial, montamos uma lista com algumas cidades mineiras que são o ponto de partida para uma inesquecível viagem de trem. Suba a bordo e aproveite a leitura!

1. Belo Horizonte-Cariacica

Além de ser a viagem mais longa feita por uma locomotiva no Brasil, o Trem Vitória Minas é um dos únicos com transporte interestadual de passageiros. Com 664 km de distância percorridos em 13 horas, o trajeto se faz às margens do Rio Doce. Passa por paisagens incríveis e cidades históricas do interior de Minas Gerais e Espírito Santo.

A ótima infraestrutura da locomotiva garante o conforto dos passageiros: vagão-restaurante, cadeiras com tomadas e wi-fi. Ah, tem também um ambiente virtual em que você pode assistir a filmes e conferir outros conteúdos gratuitos.

Ele tem capacidade para transportar até 1.700 pessoas, e os passageiros podem embarcar por 30 pontos diferentes. A saída de Belo Horizonte acontece todos os dias às 7h, e as tarifas variam de acordo com o trecho viajado. Se você for realizar todo o trajeto, o valor fica em R$ 73,00 para a classe Econômica e R$ 105,00 na Executiva.

2. Ouro Preto-Mariana

Esse passeio liga duas famosas cidades do interior mineiro: Ouro Preto, considerada patrimônio mundial pela sua importância histórica, e Mariana, que foi a primeira capital do estado.

Pelo trajeto de 18 km de malha ferroviária, você pode ver diversas belezas naturais com vegetação da Mata Atlântica e Cerrado, além conhecer as maravilhas da arquitetura barroca da época do Brasil Colônia.

O Trem da Vale tem a capacidade para cerca de 292 passageiros e é composto por seis vagões. Entre eles, destaca-se o panorâmico, que permite ter uma visão completa de todas as belas paisagens da região. No passeio de mais ou menos uma hora de duração, é possível sentir o friozinho na barriga ao descer e subir as montanhas mineiras.

Saindo de Ouro Preto, cidade que fica a 100 km de Belo Horizonte, o trem funciona de sexta a domingo. Os preços das passagens variam de acordo com a temporada, mas o valor máximo em época de alta temporada é de R$ 100,00 no carro panorâmico.

3. São João del-Rei-Tiradentes

A Maria Fumaça que liga São João del-Rei a Tiradentes é o passeio de trem ideal para quem quer fazer uma viagem no tempo. O trajeto de 12 km passa pela Estrada de Ferro Oeste Minas, inaugurada por D. Pedro II no século XIX. Durante o percurso, é possível se fantasiar com vestimentas da época e tirar fotos.

Por ser um ponto turístico mais conhecido, os passageiros costumam ficar mais tempo em Tiradentes, porém São João del-Rei também é uma cidade histórica e cheia de cultura que merece ser conhecida com atenção. É possível visitar o Museu Ferroviário de São João del-Rei, que conta com documentos, fotos e objetos da época de construção da ferrovia, além de apresentar a primeira locomotiva que realizou o trajeto.

Os vagões têm capacidade para até 280 passageiros e percorrem um trajeto com cerca de 40 minutos. O trem sai de São João, localizada a 187 km de BH, de quinta a domingo e nos feriados. O valor da passagem é de R$ 60 por trecho ou R$ 70 ida e volta.

4. São Lourenço-Soledade de Minas

O trem, cuja capacidade é de até 450 passageiros, conecta as cidades de São Lourenço e Soledade de Minas. Esse é um dos menores trajetos da lista de passeio de trem em Minas Gerais, com apenas 10 km de ferrovia, mas as belas paisagens naturais e históricas são garantidas. Afinal, o percurso acontece às margens do Rio Verde e termina na antiga estação ferroviária, construída em 1884.

No retorno a São Lourenço, que está situada a 380 km de Belo Horizonte, não deixe de passar pela feira de artesanato e pelas lojas da região. Lá, você pode comprar algumas lembrancinhas ou saborear o café e o típico pão de queijo mineiro.

O tempo desse passeio de trem em Minas Gerais é de duas horas e acontece aos sábados e domingos. O preço de ida e volta é R$ 65 para classe Turística e R$ 85 para Executiva, na qual você pode degustar alguns produtos da região, como queijos, cachaças, doces e vinhos.

5. Passa Quatro-Coronel Fulgêncio

O Trem da Serra percorre uma distância total de 12 km, entre as estações ferroviárias de Passa Quatro e Coronel Fulgêncio. Na estação de embarque, os passageiros podem visitar uma exposição fotográfica na própria estação, que conta com ambientação sonora típica da região mineira. O transporte ferroviário tem capacidade para acomodar no máximo 118 passageiros, e a duração do passeio é de cerca de 2 horas, realizando paradas.

Após o início da viagem, o trem se dirige para a estação Manacá, onde é realizada uma rápida parada para que os turistas possam visitar as feiras de artesanato e comidas típicas da região enquanto o trem é preparado para continuar o trajeto e subir a serra. Em Coronel Fulgêncio, os passageiros podem conhecer algumas exposições fotográficas, como a de minisséries que foram filmadas no local.

O valor máximo para a realização desse percurso é de R$ 55,00, e as viagens ocorrem aos sábados e domingos, com saída em Passa Quatro. Na época de alta temporada e em alguns feriados, podem ser oferecidas viagens extras, que devem ser confirmadas diretamente na estação de embarque.

6. Rio Acima

Com uma distância de apenas 35 km da capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, é possível embarcar nesta renomada Maria Fumaça de 1924, que é um histórico passeio de trem em Minas Gerais. O Trem das Cachoeiras conta com um trajeto que percorre por dentro de Rio Acima, passando pelo Rio das Velhas e o caminho da Estrada Real, que está na região do Circuito Turístico do Ouro.

Seus vagões são propriamente equipados com TV e ar-condicionado, além de diversas paisagens marcantes pelo trajeto. A locomotiva tem capacidade para acomodar até 140 passageiros e percorre uma distância de 7 km no período de até 1 hora. As viagens são realizadas aos sábados, domingos e feriados.

Para viajar na classe Econômica, o valor da passagem é R$ 26,00 e, na Executiva, com vagão panorâmico, R$ 36,00 (ida e volta).

Como vimos neste post, essas são as principais rotas para fazer um inesquecível passeio de trem em Minas Gerais e aproveitar as belezas e histórias que este estado tão acolhedor tem a oferecer. Programe-se para curtir tudo isso e recarregar suas energias após o período de quarentena!

Gostou das dicas? Então, compartilhe nosso conteúdo em suas redes sociais!

 

*Valores referentes à data de publicação: Abril de 2020

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-