Dicas Locação

Afinal, vale a pena viajar com carro próprio? Veja as vantagens e desvantagens aqui!

Escrito por Lokamig Rent a Car

Viajar é sair da rotina, conhecer pessoas, explorar novos lugares e viver novas experiências. Mas, para isso, é necessário fazer um investimento (que caiba no seu orçamento) para que tudo saia conforme o planejado. A decisão sobre o tipo de viagem deve levar em conta o custo-benefício de algumas escolhas, como viajar com carro próprio ou não.

Apesar de outros meios de transporte coletivos serem, em alguns casos, mais rápidos ou mais cômodos — como os aviões e os ônibus leito — uma viagem de carro traz vantagens únicas, que podem tornar o passeio muito mais divertido e agradável.

Se você não tem um automóvel, outra possibilidade que deve ser analisada é o veículo alugado, que também oferece uma série de benefícios.

Ficou interessado? Quer saber, afinal, quais são as vantagens e desvantagens de viajar com carro próprio? Então, siga a leitura do post!

A liberdade de viajar de carro

Estar com o seu carro (seja ele próprio ou alugado) significa, antes de qualquer coisa, liberdade. Além da vantagem de planejar o seu horário, você ainda decide quantas paradas fazer ou, se preferir, não fazer nenhuma. Bem diferente do que acontece quando se viaja em ônibus de excursão ou transporte público.

Essa liberdade que o carro oferece, aliás, é muito ampla. A seguir, confira o que mais há de bom em viajar de carro.

Variedade de destinos

Uma viagem de carro possibilita inúmeras paradas. Isso significa que, em seu passeio, você poderá conhecer vários lugares e aproveitar o que cada um deles tem a oferecer, sem pressa. Imagine um roteiro pelas cidades históricas de Minas! Uma viagem que, sem dúvida, vale a pena fazer com carro próprio ou alugado, não acha?

Você também pode combinar diversos meios de transporte, como em uma viagem internacional. Chegando a Lisboa, por exemplo, é possível alugar um carro para ir até o Porto e, no meio do caminho, conhecer cidades incríveis, como Fátima, Óbidos e Coimbra.

Além do mais, os serviços online facilitam muito a locação de veículos. Você pode fazer a reserva, preencher o cadastro e escolher qual tipo de carro mais se adapta às suas necessidades pela internet. Chegando ao seu destino de avião, basta ir à locadora, apresentar seu documento e retirar o carro!

Economia de tempo e dinheiro

Viajar de carro, via de regra, é mais barato do que viajar de avião. E você pode tornar essa viagem ainda mais econômica ainda dividindo os custos com outras pessoas, como gastos com combustível, pedágios, manutenção do veículo etc.

Um outra opção interessante para quem pretende viajar com um grupo de amigos é a locação de uma minivan. Além de economizar, todos viajarão confortáveis e com mais diversão.

Além disso, viajar de carro não significa apenas economizar dinheiro — muitas vezes você pode economizar tempo! É claro que o avião é mais rápido. Mas, levando em consideração a distância que terá que percorrer até chegar ao aeroporto, todas as burocracias pelas quais você terá que passar, os possíveis (e não raros) atrasos e o tempo para retirar a bagagem no local de chegada, o carro pode ser mais rápido no final das contas.

Mais bagagem

O excesso de bagagem sempre foi um problema para quem viaja de avião. E, mais recentemente, as companhias aéreas começaram a cobrar por volume despachado. Quem não quer pagar tem que se virar com uma mala de bordo, o que pode não ser o suficiente.

Já em uma viagem de carro, o limite é o espaço do bagageiro. Essa é uma grande vantagem para quem viaja com o intuito de fazer compras ou para quem vai com crianças, que costumam levar muitos objetos.

Caso seu carro não tenha um porta-malas grande o bastante, considere alugar um veículo que atenda às suas necessidades. Como exemplo temos: Hyundai HB20 – 300 litros; Renault Kwid – 290 litros;  Volkswagen Gol – 285 litros; Toyota Etios Sedan – 562 litros e  Renault Logan – 510 litros. Números de acordo com a litragem oficialmente divulgada pelas montadoras.

Filhos, idosos e pets

Por falar em criança, viagens com carro próprio também oferecem mais conforto para os pequenos. Assim como os idosos, eles se beneficiam das paradas para esticar um pouco as pernas, comer, ir ao banheiro etc.

Já para quem pretende viajar com seu animal de estimação, o carro é a melhor alternativa. É verdade que hoje empresas de ônibus e companhias aéreas permitem o embarque com pets, mas essa não é tarefa fácil.

Além de essa permissão não ser para qualquer animal, são cobradas várias taxas e muitos não podem ir na cabine com o passageiro, o que causa um estresse tanto para o pet quanto para o seu dono.

Por outro lado, em uma viagem com carro próprio ou alugado, o animal vai perto de você — em caixas transportadoras, gaiolas ou, até mesmo, contidos pelo cinto de segurança.

Acessibilidade

Em alguns destinos, só é possível chegar de carro. Mesmo quando há a possibilidade de pegar um táxi ou um traslado, por exemplo, a dificuldade de acesso encarece a viagem ainda mais.

Além disso, a maioria das pessoas que vive na cidade não tem carros preparados para pegar estradas de terra. Por isso, nesses casos, o ideal é alugar um veículo 4×4 ou uma SUV, capazes de fazer esse trajeto em segurança. Afinal, você não quer ter problemas na viagem porque seu carro próprio ficou atolado no meio do caminho, certo?

Cuidados necessários 

Como vimos, viajar com carro próprio tem uma série de vantagens. Mas, por outro lado, você precisará tomar alguns cuidados. Veja só:

  • o motorista precisa estar o tempo todo atento à estrada. Isso significa que, muitas vezes, deixará de apreciar aquela bela paisagem. Mas isso pode ser facilmente resolvido com um revezamento de motoristas;
  • você terá que dirigir por lugares desconhecidos. Sendo assim, informe-se com antecedência sobre as condições das estradas, pontos mais perigosos etc. Então, trace a melhor rota;
  • nem toda pousada ou ponto turístico tem local para estacionar.
  • em uma viagem no exterior, é preciso atenção redobrada às regras de trânsito, placas em outro idioma, neve na pista, mão inglesa e outras especificidades do país. A dica é sempre buscar informação com antecedência;
  • verifique se a documentação do veículo está em dia. Faça também uma revisão preventiva. Para viajar centenas ou, até mesmo, milhares de quilômetros, o carro precisa estar em perfeitas condições, o que pode ficar caro. A opção é alugar um veículo uma vez que os carros de locadoras passam por constantes revisões e contam com veículos novos.

Agora que você conhece as vantagens e desvantagens de viajar com carro próprio, já pode começar a planejar suas férias ou a escapada de fim de semana. O importante é viver essa experiência incrível com conforto e segurança.

Aproveite todas as dicas sobre destinos já publicadas aqui no blog! Com certeza uma delas irá interessá-lo(a).



Sobre o autor

Lokamig Rent a Car

Há mais de 36 anos somos apaixonados por Minas Gerais e por locação de veículos. Sabemos o quão belo, atrativo e muitas vezes inexplorado é nosso estado, por isso indicamos as melhores opções de destinos e dicas sobre nossa gastronomia, natureza, cultura e nossa típica hospitalidade. Seja para encurtar distâncias ou descobrir novos destinos, a Lokamig estará ao seu lado.

Deixar comentário.

Share This